Fecomércio Rondônia

Agenda institucional do comércio é formatada em Rondônia com proposições do setor empresarial

CNC e Fecomércio articulam proposições para o desenvolvimento econômico do Comércio

A Confederação Nacional do Comércio (CNC), em parceria com a Federação do Comércio de Rondônia (Fecomércio – RO) e seus Sindicatos Patronais Filiados, realizou na manhã desta quarta-feira (08) discussões sobre assuntos que integrarão a Agenda Institucional do Comércio – mapa referencial que trará temas de interesse da classe empresarial para o desenvolvimento econômico do comércio. A reunião, realizada de maneira virtual e presencial no município de Vilhena, contou com a participação de empresários dos segmentos de bens, serviços e turismo que compuseram os grupos temáticos de Ambientes de negócios, Tributação, Infraestrutura, Regulação, Educação e Bem-estar.

Para o representante da CNC em relações institucionais, Moisés Júnior, o encontro realizado é um marco histórico, pois trata-se de uma oportunidade em dar voz aos anseios dos empresários de Rondônia por meio de um trabalho propositivo para o desenvolvimento do segmento no Brasil. “Esse momento de construção da agenda corrobora com a defesa da CNC em ser protagonista na representação empresarial do comércio, fortalecendo a imagem do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac como fomentadora de propostas de políticas públicas. Após as discussões de hoje, encaminharemos as propostas aos parlamentares para defesa do desenvolvimento econômico do comércio de Rondônia”, pontuou Moisés durante a abertura do encontro.

Durante o encontro, presidido pelo vice-presidente da Fecomércio/RO – Pedro Jucá, os empresários presentes foram divididos em salas pelo interesse de temas e, por fim, realizaram a criação de um documento composto por diagnósticos dos problemas e apontamento das suas respectivas soluções.

“O encontro de hoje é muito significativo para o avanço econômico do nosso Estado, pois os documentos gerados demonstram a força coletiva da classe empresarial em torna-se agente propositivo – e não apenas passivo – das resoluções. Com a orientação da CNC, e o posterior apoio dos parlamentares federais, vislumbramos novos cenários para os anseios dos empreendedores do comércio de bens, serviços e turismo, bem como a possibilidade de mais geração de empregos e fomento da classe trabalhadora”, avaliou o vice-presidente da Fecomércio/RO, Pedro Jucá.

Os documentos extraídos das discussões temáticas serão encaminhados à CNC para que componham a agenda institucional do comércio de Rondônia; e, posteriormente no dia 14 de março, será entregue pelo presidente da CNC, José Roberto Tadros, e presidente da Fecomércio/RO (e vice-presidente da CNC), Raniery Araújo Coelho, em Brasília.

Deixe aqui seu comentário!
Shares:

Related Posts