Notícias Fecomércio

Presidentes da Fecomércio-RO e o Presidente da Energisa se reúnem para discutir questões relacionadas ao comércio e estabelecer parcerias

O presidente da Fecomércio-RO e Vice-Presidente da CNC, Raniery Araujo Coelho, foi recebido em audiência na manhã desta terça-feira, 09.04, pelo Diretor-Presidente da Energisa em Rondônia, André Theobald, para protocolar proposta da federação a ser avaliada pela Energisa no tocante às interrupções no fornecimento de energia elétrica no comércio durante datas comemorativas.

De acordo com o Presidente Raniery Coelho, as interrupções para manutenção na rede elétrica têm causado preocupações aos empresários, especialmente quando ocorrem em semanas que antecedem datas importantes como o Dia das Mães, Páscoa, Dia das Crianças e festas de fim de ano.

Durante a reunião, Raniery Coelho entregou a André Theobald uma carta em nome dos Sindicatos Empresariais do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado a qual relata um calendário com as principais datas festivas que necessitam ter atenção especial por parte da Energisa no sentido que não haja manutenção de rede da Energisa nos períodos mencionados.

“A Fecomércio-RO é uma grande parceira e uma das primeiras entidades que nos acolheu quando começamos a operar aqui. Vou encaminhar esse pedido à equipe técnica para que possamos encontrar juntos uma solução que beneficie ambas as partes. O comércio é um dos nossos principais clientes”, comentou André Theobald.

Parcerias também foram discutidas durante a reunião na Energisa. O Presidente André Theobald demonstrou preocupação com a quantidade de acidentes na rede elétrica que resultaram em óbito. No ano passado, foram registradas seis mortes e, até março deste ano, cinco óbitos, por falta de orientação nas manutenções em fachadas e outros serviços efetuados em empresas e outros ambientes do comércio.

A Fecomércio-RO e a Energisa planejam realizar em conjunto uma campanha nos comércios alertando sobre os perigos de acidentes na rede elétrica durante a manutenção de prédios comerciais. Outra parceria em vista é a regularização das empresas junto à Energisa para evitar multas durante as fiscalizações, incluindo situações relacionadas a ligações clandestinas, o que prejudica o fornecimento para o nosso comércio.

Segundo a Energisa, o Estado sofre um alto prejuízo devido às ligações irregulares, chegando a perder cerca de R$ 500 milhões por ano em impostos não arrecadados. “É como se desligássemos a energia da cidade de Ariquemes por um ano”, afirmou o Presidente da Energisa.

A reunião contou com a participação do Diretor Comercial da Energisa, Fabrício Medeiros, do diretor de Relações Institucionais da Energisa, Juscelino Amaral, da Diretora Administrativa e Financeira do Senac-RO, Giselle Araujo, do Diretor de Projetos Sociais do Sesc-RO, João Daniel Almeida, e da Consultora Executiva da Fecomércio-RO, Cileide de Macedo.

Deixe aqui seu comentário!
Shares:

Related Posts