CNC

Pesquisa inédita do Cetur-AP revela potencial e desafios para o turismo amapaense

Após seis meses de pesquisa e coleta de dados, o Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade do Amapá (Cetur/AP), em parceria com o Sesc-AP, Senac-AP e Sebrae/AP, lançou o resultado da maior pesquisa já realizada sobre o turismo no estado. O estudo, que contou com a participação da Fecomércio-AP e do Instituto Fecomércio, mapeou os meios de hospedagem, atrativos turísticos e alimentação fora do lar dos 16 municípios amapaenses. Todo conteúdo está disponível em www.turismoamapa.com.br.

Os dados coletados servirão de base para o desenvolvimento de políticas públicas e privadas que impulsionem o setor turístico no Amapá, gerando emprego e renda para a população local. O diagnóstico também subsidiará a criação de produtos e serviços turísticos mais adequados às demandas dos visitantes.

“Uma manhã de muita alegria para todos nós, especialmente para o comércio. Hoje lançamos esse diagnóstico do turismo, produzido a muitas mãos, com o objetivo de mostrar as principais dificuldades e as possíveis soluções para este importante setor da nossa economia. O próximo passo é trabalhar para que políticas públicas sejam planejadas e executadas com foco no desenvolvimento socioeconômico do Amapá”, disse Ladislao Monte, presidente da Fecomércio-AP.

Oportunidades e desafios para o turismo no Amapá

O estudo identificou um grande potencial para o desenvolvimento do turismo no Amapá, especialmente no segmento de ecoturismo e aventura. O estado possui uma rica biodiversidade, com belezas naturais únicas, como a Serra do Tumucumaque, a maior floresta tropical do mundo em área preservada, e o encontro das águas dos rios Amazonas e Jari, conhecido como “pororoca”.

“Estou entusiasmado com o trabalho desenvolvido pela Fecomércio Amapá e pelo Cetur. Agora, é referenciar isso para todo o Brasil e fazer com que seja partilhado, potencializado e dado o devido norte”, mencionou Alexandre Sampaio, Presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) e coordenador do Cetur  da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

No entanto, o diagnóstico também apontou alguns desafios que precisam ser superados para que o turismo no Amapá se torne mais competitivo. Entre os principais desafios estão a falta de infraestrutura turística, a qualificação da mão de obra e a divulgação do estado como destino turístico.

Entre as autoridades presentes no evento estavam o governador do Estado, Clécio Luís, a presidente da Assembleia Legislativa do Amapá, Aliny Serrão, o vice-presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), desembargador Mário Mazurek, e o Presidente do Sebrae Amapá, Josiel Alcolumbre, além de autoridades locais e nacionais.

“É um estudo muito importante, porque ele faz um diagnóstico do potencial e das ofertas turísticas do Amapá em todos os municípios”, frisou o governador.

Ações para o desenvolvimento do turismo no Amapá

Para superar os desafios e aproveitar as oportunidades identificadas no estudo, o Cetur-AP e seus parceiros propõem uma série de ações, como:

Investimentos em infraestrutura turística: construção de hotéis, restaurantes, pousadas e outros equipamentos turísticos;
Qualificação da mão de obra: capacitação de profissionais para atender às demandas dos turistas;
Divulgação do Amapá como destino turístico: promoção do estado em feiras, eventos e plataformas digitais;
Desenvolvimento de produtos e serviços turísticos: criação de novos roteiros turísticos e experiências para os visitantes;
Fortalecimento da governança do turismo: criação de um conselho estadual de turismo com a participação dos setores público, privado e da sociedade civil.

The post Pesquisa inédita do Cetur-AP revela potencial e desafios para o turismo amapaense first appeared on Portal do Comércio.

Deixe aqui seu comentário!
Shares:

Related Posts