CNC

Observação de aves: de olho em nicho turístico, Senac-SC investe em novo curso

A rica diversidade de aves em Santa Catarina, com 1971 espécies catalogadas, torna a observação de aves, ou birdwatching, um novo nicho promissor para o turismo. A atividade, que não interfere no ecossistema, atrai pessoas de todas as idades e propõe contato com a natureza.

O Ministério do Turismo aponta o crescimento do birdwatching no Brasil, país com 18% da diversidade mundial de aves e mais de 42 mil observadores. No mundo, são mais de 100 milhões de observadores, movimentando US$ 90 bilhões por ano.

Em Santa Catarina, o Senac oferece cursos para profissionalizar o setor, como Condução de Observadores de Aves e Observação de Aves Silvestres. Os cursos abrangem desde planejamento de roteiros até identificação de espécies e uso de equipamentos. Confira abaixo uma breve descrição dos dois cursos. Mais informações disponíveis em corporativo.sc.senac.br/

Condução de Observadores de Aves (30 horas): voltado para guias de turismo e condutores ambientais, o curso aborda planejamento de roteiros, sustentabilidade, ornitologia, uso de equipamentos e técnicas de condução em áreas naturais.
Observação de Aves Silvestres (20 horas): destinado a adeptos do turismo de natureza, o curso ensina sobre biomas brasileiros, tipos de aves, vocalização, avistamento e equipamentos para observação.

O birdwatching em Santa Catarina já conta com roteiros intermunicipais, como na Costa Verde & Mar, e investimentos em infraestrutura em municípios como Urupema e Imbituba. A atividade também está presente em Planos Estratégicos de Desenvolvimento do Turismo Municipal, como em Gaspar, Alfredo Wagner e Rancho Queimado. Com potencial para gerar emprego e renda, a observação de aves se configura como um novo nicho promissor para o turismo em Santa Catarina, oferecendo experiências únicas aos visitantes e contribuindo para a preservação ambiental.

The post Observação de aves: de olho em nicho turístico, Senac-SC investe em novo curso first appeared on Portal do Comércio.

Deixe aqui seu comentário!
Shares:

Related Posts